STF suspende julgamento de bloqueio do WhatsApp pela justiça

Suspensão acontece depois de o ministro Alexandre de Moraes pedir vista dos processos.
Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou na quinta-feira (28) a suspensão do julgamento das ações que contestam a validade de decisões judiciais que bloqueiam o WhatsApp. A decisão foi tomada após o ministro Alexandre de Moraes pedir vista dos processos. Não há uma data para o julgamento ser retomado.

Apenas os relatores, ministro Edson Fachin e ministra Rosa Weber, deram seus votos, ambos contra os bloqueios do aplicativo. Ainda faltam mais nove votos. Fachin afirmou que a criptografia é uma forma de garantir o direito à privacidade do usuário e, se não é possível interceptá-la, o app não pode ser suspenso.

Na última quarta-feira (27), Rosa Weber também se posicionou contra o bloqueio, com exceção de casos em que a legislação de armazenamento de dados seja descumprida.
Quando o julgamento for concluído, a Corte deve determinar se a Justiça pode ou não instaurar o bloqueio temporário do aplicativo de mensagem, após a recusa em entregar informações de usuários investigados.

Vale lembrar que diversos juízes pedem a suspensão do WhatsApp amparados pelo Marco Civil da Internet, aprovado em 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s